O diamante, mais conhecido como pedra preciosa

O diamante, mais conhecido como pedra preciosa

No mundo inteiro o diamante é conhecido pela sua beleza e autenticidade, ele é a pedra preciosa mais dura da natureza.

Os diamantes são cristais de carbono, que passaram por um processo de grande pressão e calor, segundo os cientistas isso aconteceu há milhares de anos atrás, por baixo da superfície terrestre.

Com o passar dos tempos, os diamantes vieram para a superfície junto com o magma, e conforme o magma endureceu se formaram vários tipos de rochas. O tipo mais comum de rocha que contém diamantes é chamado de quimberlito.

O quimberlito pode trazer diamante até a superfície desde que tenha passado por regiões no manto/crosta que fossem ricas neste mineral e que sua velocidade de ascensão seja rápida o suficiente para não desestabilizar a estrutura do diamante, que caso contrário se transformaria em grafite.

Normalmente os diamantes são encontrados em formas de cones, eles são encontrados em todo mundo, menos na Antártida e Europa embora há controvérsias.

A alquimia dessas pedras preciosas

A alquimia foi a Química da idade média, que visava descobrir a panacéia (cura) universal, e a pedra filosofal que deveria transformar todos os metais em ouro, usavam também a espagiria que é a fitoterapia alquimista.

Do ponto de vista alquimista, o diamante é um dos elementos essenciais da vida.

Afinal, é feito do carbono, um dos principais elementos base da maioria das matérias, inclusive de nós mesmos.

O diamante e a espiritualidade

O diamante é uma pedra preciosa muito útil na alquimia e na espiritualidade, pois reflete a luz.

Eles também são altamente representados por visão e clareza, nos auxiliando a ver a estrada à nossa frente de uma maneira mais sábia e sintonizada.

É importante abraçar nossas jornadas individuais para o nosso crescimento espiritual, mas praticar a consciência ativa durante todo o processo é fundamental.

Nesta longa jornada, nossas almas aprendem e evoluem através do processo de tentar alcançar maior entendimento e evolução.

O caminho nem sempre será fácil, é um labirinto com muitas voltas e mais voltas, assim como os muitos ângulos de diamantes.

Três motivos para usar diamantes

  • Uma joia para sempre, pelo fato dela ser a joia com a maior dureza encontrada, a durabilidade dela é muito grande. Podendo deixar até de lembrança para seus filhos ou ente querido.
  • É uma peça super versátil e combina absolutamente com tudo. Pela sua cor transparente, dá pra usar a peça com qualquer look! Em qualquer ocasião.
  • É uma peça muito bacana de se presentear alguém, afinal quem não gostaria de ganhar um diamante?

Além também de poder combina-la com outras joias, fica um charme, é extremamente versátil e de bom gosto.

Diamantes coloridos

Além do diamante transparente que conhecemos, existe também o diamante Pink Star, ele se tornou a pedra vendida pelo preço mais alto em um leilão!

Os diamantes em geral possuem 99,95% de carbono, em raros casos, esses 0,05% possuem microminerais, que são átomos não pertencentes a química do diamante, que dão a coloração a gema.

Estima-se que um a cada dez mil diamantes, seja colorido.

Mas sendo colorido ou transparente, o fato é que eles são lindos e deslumbrantes de qualquer forma, e é uma joia pra toda vida! Que pode simbolizar um momento especial.

Seja esse um momento de se presentear, pois todos merecemos não é mesmo? Fique de olho no site para conferir as lindas pedras preciosas em diamantes.

Sobre tres

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *